HOME

Artigos de Netmundi.org - Filosofia na Rede

Modernidade, fé e razão

A modernidade de forma alguma parece ter sido beneficiada pela separação entre fé e razão. Se por um lado vemos o avanço incrível da ciência, por outro observamos um considerável avanço do fideísmo no mundo. O fideísmo é a tendência de desprezar a razão em prol da fé, retirando das crenças religiosas qualquer racionalização. No surgimento da filosofia, entre os pré-socráticos, tal separação não existia. “Tudo está cheio de Deuses” afirmou o primeiro filósofo ... Leia Mais >>

Sartre: liberdade e responsabilidade

Ser livre não é a mesma coisa que fazer tudo aquilo que deseja, pois a liberdade somente é exercida quando aceitamos as consequências de nossos atos. Por isso Sartre afirmou que o existencialismo é uma filosofia dura e criticada, uma vez que a maioria das pessoas não aceita as consequências de suas ações, preferindo culpar o Outro (Deus, o destino ou as pessoas). O homem que assume a responsabilidade por suas ações é livre, visto que deixa de ser escravo do Outro. É por isso que, ... Leia Mais >>

O nascimento da alma

A beleza deste vídeo está no momento em que os garotos decidem: “isso eu não faço“. Hannah Arendt nos disse que a “alma” só nasce no individuo quando ele toma decisões dessa natureza. São decisões solitárias contra ordens e tradições onde nos negamos a fazer algo que parece muito errado, apesar do apelo do grupo. Seria o segundo nascimento do homem. Alias, é exatamente o que afirma um dos garotos: “é porque sou um homem“. Enquanto agimos de ... Leia Mais >>

Filosofia, religião e religiosidade

Existem diferenças entre filosofia, religião e religiosidade, ainda que estas três coisas estejam conectadas.  Se eu sou religioso, é importante saber que existem outros povos com tanta fé quanto eu em coisas diferentes. Devo aceitar o fato da diversidade, coisa difícil para um religioso dogmático. Os adeptos de grupos radicais islâmicos acreditam que as sociedades ocidentais estão equivocadas e que deve-se matar quem ofende o profeta Maomé (isso é de fato um problema) . No ... Leia Mais >>

Sete Anos no Tibete: uma aventura existencialista

Se você não assistiu Sete Anos no Tibete e não quer spoiler, não prossiga esta leitura. Este é um texto filosófico, mais especificamente sobre o retorno de Henrich Harrer à Áustria em 1951. Minha intenção é utilizar o filme para falar da filosofia existencialista, uma vez que considero a saga deste personagem uma experiência de reconhecimento de suas falhas. Portanto, não é tanto um post sobre o filme, mas sobre a perspectiva existencialista do filme. Vale lembrar que o livro ... Leia Mais >>

Interestelar e a vontade de persistir

Redação sobre a vontade de persistir presente no filme Interestelar, feita a pedido de um amigo. ATENÇÃO, Contém spoiler. Os personagens envolvidos são os astronautas Cooper, piloto da Endurance, e Dr. Mann, que estava abandonado em estado de suspensão e sozinho em um planeta inóspito. A vontade de persistir na filosofia O filme Interestelar traz uma mensagem sobre a vontade de persistir que foi construída ao longo de toda a narrativa. Essa mensagem fica clara no diálogo entre ... Leia Mais >>

Engenharia, Ciência e Filosofia

Recentemente li esta frase: “Sem engenharia, a ciência seria apenas filosofia”. Aparentemente seu autor não sabe nem o que é engenharia, nem ciência e nem filosofia. Pode até ser um engenheiro competente, mas faltou-lhe uma compreensão mais ampla de sua profissão. O filósofo da educação Edgar Morin já havia denunciado essa cegueira da educação ocidental, que compartimentaliza os conhecimentos e impede as pessoas de perceberem suas conexões. A interdisciplinaridade é o que ... Leia Mais >>

Entrevista com o Vampiro: imortalidade e sentido

Entrevista com o Vampiro, traduzido para o português por Clarice Lispector, pode ser considerado um livro filosófico. Anne Rice conduz de forma brilhante, através de uma simbologia vampiresca, uma história cheia de angústia, paixão e crises existenciais. Lestat, vampiro inconsequente e narcisista, atravessa os séculos de forma irrefletida e superficial, sem nunca questionar sua condição ou origem dos vampiros. Quando ele transforma Louis, um homem angustiado para quem a vida perdera o ... Leia Mais >>

Fedro de Platão: o misterioso daemon de Sócrates e o amor platônico

Vários tipos de relacionamentos amorosos são descritos por Sócrates na obra Fedro, de Platão. Desde aquele em que um companheiro impede a evolução do outro (para que dependa dele), passando pelo relacionamento pautado pelo sexo até a união saudável, quando os companheiros evoluem juntos. É também uma das obras onde Sócrates fala sobre o misterioso daemon e a perturbação que ele causa quando alerta o filósofo. O daemon surge em várias obras de Platão, mas em Fedro surge a ideia ... Leia Mais >>

Wittgenstein em 90 minutos

Wittgenstein em 90 minutos faz parte de uma série de livrinhos escritos por Paul Strathern sobre a vida e as ideias dos grandes pensadores. Alguns criticam essa perspectiva resumida. É certo que para um aprofundamento devemos ler as obras dos próprios filósofos, contudo esses resumos têm a nobre missão de apresentar ao público leigo um pouco da obra desses promotores da humanidade. Vida de Wittgenstein em um minuto Strathern narrou a intensa vida de Wittgenstein de forma quase poética, ... Leia Mais >>

Schopenhauer e a arte de escrever

A Arte de Escrever é, na verdade, um livro sobre a arte de pensar, pois somente escreve bem quem pensa bem. O filósofo alemão Arthur Schopenhauer (1788 – 1860), com seu estilo sarcástico e direto, nos ensina que de nada adianta ler se não pensamos por conta própria. Seria melhor então não ler. Para escrever com clareza, é preciso antes ter clareza na alma, e os grandes gênios da humanidade leram antes o livro do mundo do que os livros que outros escreveram. Schopenhauer e o ... Leia Mais >>

Discurso sobre o Método de Descartes

Nossa forma científica de pensar, a investigação racional do mundo e a busca pela certeza absoluta do conhecimento são heranças desse pequeno livro. René Descartes (1596 – 1650) deu à humanidade o pensamento cartesiano, porém afirmava que sua forma de pensar, a dúvida metódica, serviria apenas para guiar sua própria razão. Mas esse filósofo francês nunca imaginaria o impacto grandioso de sua obra. Com Descartes nasceu a Era Moderna Descartes escreveu esse ... Leia Mais >>
1 12 13 14 15 16 17