FILOSOFIA

cartesianismo

“Penso, logo existo”: Descartes e a superação do ceticismo

“Penso, logo existo” (em latim: cogito ergo sum) é também um ataque ao ceticismo. O objetivo de Descartes(1596-1650)  era atingir a certeza, ou seja, o conhecimento verdadeiro. Acontece que a tradição cética  já havia estabelecido que o homem não podia ter certeza de nada. Todo conhecimento é inseguro e não está livre de dúvidas. Portanto, para buscar a certeza seria preciso superar os céticos. Descartes precisava então somente de uma coisa: uma única certeza ... Leia Mais >>