HOME

Indicação de vídeos

Filosofia da Mente: corpo, sorriso e felicidade

A propaganda “happiness starts with a smile”, da Coca-Cola, apresenta uma situação que, sem intenção, fez uma proposta filosófica. Podemos deduzir que (talvez) alguém com  expressão séria esteja mergulhado em pensamentos preocupantes. E aquele que aparenta alegria está pensando em coisas  felizes ou divertidas. Nesses casos, o pensamento está comandando o corpo. Por outro lado, o contrário também ocorre: alteramos nossa postura corporal e com isso afetamos ... Leia Mais >>

O desastre do comunismo na Rússia

O Líder do Partido Liberal-Democrata da Rússia, Vladimir Zhirinovsky, discursa ferozmente contra o comunismo. Suas considerações apoiadas em dados precisos, boa memória e experiência própria, acabou se tornando uma valiosa fonte de reflexão sobre a revolução comunista na Rússia. Vladimir, assim como muitos historiadores, considera que Stalin foi o mais terrível genocida da história e que nada matou mais do que o comunismo, beirando 100 milhões de mortos por fome e execução. A ... Leia Mais >>

Krishnamurti: as religiões nascem do medo

Neste vídeo, o filósofo indiano Jiddu Krishnamurti (1895-1986) argumenta que as crenças têm como base algum tipo de medo. Diante de um mundo que nos assusta a todo momento, a crença seria um refúgio que nasce desse temor. Porém, para examinar seriamente a questão da existência de Deus, é necessário se despir do medo e consequentemente da própria religião. Segundo Krishnamurti, qualquer religião é um abrigo contra o medo da morte e do sofrimento. Elas não teriam relação com ... Leia Mais >>

Arte com máquina de datilografia e uma história de superação

Esse vídeo apresenta o trabalho de um artista que utiliza uma máquina de datilografia para produzir desenhos detalhistas. O fato do artista ter paralisia cerebral e manejar a máquina com dificuldade torna o resultado de seu trabalho ainda mais surpreendente. Navegue pelo netmundi.org Página PrincipalFilosofia AntigaFilosofia MedievalFilosofia ModernaFilosofia ContemporâneaLivros – PDFMúsicas clássicas para ouvir e baixarGaleriaTextos motivacionaisFaláciasCiberculturaIndicação de ... Leia Mais >>

Carl Sagan: o universo não foi feito para nós

Trechos do livro “Pale Blue Dot: A Vision of the Human Future in Space” de Carl Sagan. As colocações do cientista, apresentadas neste vídeo, são embasadas em comparações entre a evolução científica e as religiões. É importante perceber que, mesmo que Sagan critique as visões religiosas, aceita que elas foram tentativas de explicação da realidade baseadas em seus momentos históricos. Essa forma de ver as religiões como participantes do diálogo humano em busca de ... Leia Mais >>

Clóvis de Barros Filho: sobre amor e ética

Neste vídeo o filósofo Clóvis de Barros Filho apresenta o amor em Platão, Aristóteles e Cristo. Ele mostra que esses são conceitos complementares, cada um com sua devida importância. Depois de apresentar o amor, o filósofo faz uma conexão entre amor e ética: se não amamos, faça como se amasse, pois assim o amor torna-se uma referência para a ética. A própria generosidade, presente na ética, é a imitação do comportamento de quem ama. O mesmo raciocínio segue para a ... Leia Mais >>

Paciência: antídoto contra a raiva

Neste vídeo a monja Jetsunma Tenzin Palmo ensina a desenvolver a paciência. Mais do que apenas uma prática oriental ou ensinamento religioso, é acima de tudo uma perspectiva acerca do mundo aborrecido que nos rodeia. É importante entender que, atravessando todo o budismo, está presente de forma explícita a perspectiva da compaixão. Foi essa ideia de compaixão que impressionou o filósofo alemão Arthur Schopenhauer (1788-1860) a ponto dele criar uma filosofia ética ... Leia Mais >>

Arquitetura da Destruição: uma aula sobre lavagem cerebral

O documentário Arquitetura da Destruição (1989), de Peter Cohen, detalha as estratégias de lavagem cerebral na Alemanha Nazista. Cohen mostra como a ideologia nazista foi propagada na Alemanha através de filmes, exposições e outras manifestações artísticas e culturais em que os alemães são apresentados como raça superior e os judeus são apresentados como ratos ou parasitas. A ideia é que, através dessa desumanização, o assassinato e o preconceito fossem ... Leia Mais >>

Zygmunt Bauman: “Somos aquilo que podemos comprar”

Zygmunt Bauman (1925-2017) foi um sociólogo polonês que se analisou a face mais problemática do capitalismo: a ideia de que somos o que compramos. Ele observa que a sociedade atual, bombardeada pela propaganda incessante, vive em estado de estresse e ansiedade, pressionada a consumir cada vez mais e sequer consegue pensar em soluções para seus problemas, afinal, não há tempo para isso. Temos de trabalhar muito para pagar muitas contas. Perdemos completamente o poder de decidir nossas ... Leia Mais >>

Religiosos vs ateus: Quem tem razão?

Este vídeo resume alguns argumentos dos ateus contra os religiosos. Uma das questões apresentadas é a pretensão universal que cada religião tem acerca de suas crenças. O ateu argumenta a partir dessa incoerência e questiona a falta de objetividade de um ser supostamente perfeito. Ainda que o vídeo mostre um conflito religioso generalizado, esses conflitos são mais comuns entre religiões monoteístas do que entre politeístas. No Japão, por exemplo, existem duas religiões oficiais ... Leia Mais >>

A natureza humana segundo Steve Cutts

Neste curta-metragem de animação, o ilustrador inglês Steve Cutts apresenta uma visão negativa da natureza humana. Thomas Hobbes, filósofo político autor da clássica obra Leviatã, também tinha uma perspectiva negativa do homem. Para Hobbes, o homem é violento e explorador. A natureza humana é um dos mais antigos debates filosóficos. Para Sócrates, “o homem faz o mal por ignorância do bem”. Então, aquele que conheceu a bondade teria conhecimento do bem e ... Leia Mais >>

Ariano Suassuna: “Quem foi temperar a vida e acabou salgando o pranto?”

Neste vídeo o dramaturgo brasileiro Ariano Suassuna (1927 – 2014) é questionado sobre a existência de Deus, e responde baseado em suas reflexões e na sua experiência. Suassuna cita Albert Camus  — que afirmou que a única questão filosófica a ser respondida é o suicídio. Logo em seguida apresenta a visão do poeta de cordel Leandro Gomes de Barros, que imaginando um encontro ressentido com Deus, lhe questiona: “Quem foi temperar o choro e acabou salgando o ... Leia Mais >>
1 2 3 4