HOME

Textos Motivacionais

O sapo e o escorpião: do pessimismo à reflexão

A fábula do sapo e do escorpião, de autor desconhecido, é uma das mais populares do mundo. Carrega uma visão pessimista da natureza humana, pois afirma que, por mais autodestrutiva que seja, ela não pode ser mudada. Nessa caso, a fábula é um convite à reflexão. A mensagem não acaba com o desfecho da narrativa, pois exige resposta do leitor, que deve confirmá-la ou questioná-la. As fábulas são narrativas que promovem o distanciamento do leitor, afinal, os personagens não são ... Leia Mais >>

Pareidolia, contemplação e criatividade

Observar as formas das nuvens é o mais conhecido tipo de pareidolia, um fenômeno psicológico que nos faz ver imagens em áreas disformes. Não apenas nuvens, mas também árvores, riachos, muros, rochas e objetos podem nos surpreender, por exemplo, com o surgimento de um rosto. A pareidolia é entendida por alguns cientistas como herança evolutiva: um mecanismo de sobrevivência desenvolvido pelos nossos ancestrais durante milhares de anos convivendo com perigos naturais; ... Leia Mais >>

Profecia Autorrealizável: quando as crenças determinam os fatos

Se uma previsão falsa estiver de acordo com as crenças ou expectativas de um indivíduo, ele é induzido a agir buscando confirmar a suposta profecia, tornando-a verdadeira. Essa é a ideia da Profecia Autorrealizável, um conceito da sociologia moderna criado em 1949 por Robert K. Merton. Aplica-se principalmente aos grupos sociais. Merton criou este conceito ao analisar boatos sobre a falência de bancos. A notícia, inicialmente falsa, gerava perda massiva de clientes e negócios, falindo ... Leia Mais >>

As Fábulas de Esopo: metáforas da natureza humana

Esopo (620 a.C – 564 a.C) foi um escritor da Grécia Antiga a quem é atribuída a autoria de várias fábulas de caráter moral. As fábulas de Esopo exerceram grande influência na literatura mundial, além de serem populares até hoje. É considerado o criador desse gênero literário, e foi citado até mesmo por Platão e Aristóteles, fato que comprova sua popularidade entre os gregos já naquela época, principalmente em Atenas. Não se sabe ao certo as origens de Esopo, contudo, ... Leia Mais >>

Arjuna e o olho do pássaro: a sabedoria do Mahabharata

Esta pequena história de sabedoria faz parte de um dos textos sagrados mais importantes do hinduísmo, o poema épico Mahabharata, e relata o diálogo entre o jovem Arjuna e seu mentor Droṇāchārya. Posteriormente, Arjuna será o guerreiro que receberá no campo de batalha os ensinamentos espirituais do próprio Krishna, a Suprema Personalidade de Deus segundo esta religião. Os diálogos entre Krishna e Arjuna compõem grande parte da doutrina espiritual do hinduísmo, e estão ... Leia Mais >>

Taoismo: A Fonte do Bosque de Pessegueiros Floridos

A Fonte do Bosque de Pessegueiros Floridos é um conto do poeta chinês Tao Yuanming (365–427) inspirado na obra de Lao-Tzu, um dos grandes mestres do taoismo. Este conto reflete a influência de Lao-Tzu na literatura, na religiosidade e na cultura chinesas. Várias ilustrações sobre essa história decoram um grande corredor do Palácio de Verão de Pequim. Mais abaixo você irá encontrar uma de suas versões mais conhecidas, retirada do livro Tao-te King de ... Leia Mais >>

Os cegos e o elefante: paralelo com René Descartes

A parábola dos cegos e o elefante possui muitas versões, no entanto, a primeira versão surgiu no texto budista Udana, que faz parte da coleção de escrituras Pāli Canon. Essa antiga parábola indiana fala sobre as divergências de opinião. A versão apresentada abaixo foi adaptada e traduzida do inglês pelo editor do netmundi.org. Você também irá encontrar após o texto uma comparação dessa parábola com o pensamento do filósofo francês René Descartes, bem como links para ... Leia Mais >>

Os monges e a mulher no rio

Relata-se que em um monastério viviam dois monges que eram muito amigos e sempre cumpriam seus afazeres em conjunto. Os dois tinham muita fé em suas crenças e seguiam devotamente todos os mandamentos de sua religião. E, de acordo com suas crenças, eles não podiam nem se aproximar ou mesmo tocar em mulheres. Certo dia, ao atravessarem a floresta para comprar mantimentos para o monastério, se depararam com uma mulher que estava com dificuldades para atravessar o rio que dava acesso ao ... Leia Mais >>

O Pensador e o Demonstrador – sobre as crenças pessoais

Texto de Robert Anton Wilson, do livro A Ascensão de Prometeus (1983) A mente humana se comporta como se estivesse dividida em duas partes, o Pensador e o Demonstrador. O Pensador pode pensar virtualmente sobre tudo. A História mostra que ele pode pensar que a Terra está apoiada numa sequência infinita de tartarugas superpostas, que é oca, ou que está flutuando no espaço — milhares de pessoas acreditam na última opção, inclusive eu mesmo. A religião e a filosofia comparadas mostram ... Leia Mais >>

Armadilhas do ego

Se você acredita que é mais “espiritual” por utilizar uma bicicleta ou transporte público para ir trabalhar, mas julga qualquer um que dirija um carro, então você caiu em uma armadilha do ego. Se você acredita que é mais “espiritual” por parar de assistir televisão porque estraga seu cérebro, mas julga aqueles que assistem, então você caiu em uma armadilha do ego. Se você acredita que é mais “espiritual” por evitar ler sobre fofocas e ... Leia Mais >>

A água da vida: metáfora sobre o egoísmo

A água da vida, desejando tornar-se conhecida, jorrava de um poço e corria sem esforço nem restrições. As pessoas vinham beber a água mágica e ficavam nutridas, pois era limpa, pura e revigorante. Mas a humanidade não se contentou em deixar as coisas nesse estado paradisíaco. Gradativamente começou a murar o poço, cobrar entrada, reivindicar a posse da propriedade, criar leis elaboradas sobre quem teria acesso, colocar cadeados nos portões. Logo o poço se tornava propriedade dos ... Leia Mais >>

Felicidade: definições e indefinições filosóficas

A felicidade sempre recebeu atenção especial dos filósofos. Da antiguidade até nossos dias, ela é tema filosófico fecundo e constante. Além disso, independente do que os filósofos disseram, todos nós possuímos uma ideia acerca da felicidade. Entretanto, se acreditamos que a felicidade está ligada a dinheiro, moda, sucesso, viagens e estética — conforme as propagandas tentam nos convencer —, isso pode gerar uma cobrança pessoal que traz infelicidade. Se a busca pela felicidade ... Leia Mais >>
1 2