HOME

Cibercultura

A comunicação digital gerou um novo comportamento humano. A interação entre milhões de pessoas de todos os horizontes através de um caótico mundo virtual criou novas formas de pensar e manifestações artísticas. A cibercultura é esse conjunto de transformações que ocorrem na sociedade e na cultura e que têm sua origem no desenvolvimento do ciberespaço. Este novo mundo ultra conectado representa um dos grandes desafios da filosofia contemporânea.

Cyberpunk e Filosofia

Cyberpunk é um tipo específico de ficção científica. Destaca-se pela especulação sobre tecnologia, ética, política, superpopulação, inteligência artificial, realidade virtual, cibercultura, caos urbano e outros elementos que, de alguma forma, estão presentes nos dias de hoje. A narrativa ocorre, geralmente, em cidades superlotadas e ambientes urbanos sombrios, tendo como imagem simbólica “as luzes da cidade se afastando”, como definiu o escritor Wiliam Gibson, pioneiro ... Leia Mais >>

As Três Leis da Robótica de Isaac Asimov

A Inteligência Artificial (IA) sempre foi um tema muito explorado pelo cinema, entretanto, até pouco tempo não era considerada realmente possível e muito menos uma ameaça aos seres humanos. Para a maioria das pessoas, a IA não passa de mera ficção científica. Contudo, muitos cientistas e filósofos começam a dar mais atenção ao assunto, principalmente depois que o Teste de Turing passou a obter resultados cada vez mais significativos. Antes que esta preocupação com a IA ... Leia Mais >>

Cibercultura e o universal sem totalidade

Entender o conceito de “universal sem totalidade” é fundamental para compreender como a interatividade das tecnologias digitais mudou nosso relacionamento com a informação. Se antes, através da TV, éramos apenas receptores passivos, hoje temos a possibilidade de comentar notícias, postar vídeos, criar conteúdos e debater em fóruns e redes sociais. Esta possibilidade de reagir às notícias tem um impacto considerável na sociedade, além de ser uma característica da ... Leia Mais >>

Cultura e Cibercultura

A cultura é o conjunto de costumes, crenças e leis que se manifestam em um determinado povo.  Isso significa que toda cultura tem um contexto muito bem definido. Todos os povos têm uma identidade cultural que é construída ao longo de sua história, e a cultura de um determinado povo afeta a percepção de mundo dos seus indivíduos. A cibercultura, por sua vez, é indiferente aos contextos e identidades culturais. Ela não representa a cultura de um determinado povo e liga pessoas de ... Leia Mais >>

Edgar Morin e a educação na Era Planetária

Quem nunca ouviu alguém dizer: “para que vou estudar isso? não serve para nada!” ou “esse assunto não tem nada a ver com meu curso”. Esta forma limitante de pensar é o resultado de uma educação que separa os conhecimentos, impedindo que o indivíduo perceba o “tecido comum que une os saberes”. Segundo o filósofo francês Edgar Morin, a forma como a educação está organizada hoje impede que as pessoas consigam pensar de forma ampla e complexa. Morin afirma que ... Leia Mais >>

O que é Cibercultura?

A comunicação digital gerou um novo comportamento humano. A interação entre milhões de pessoas de todos os horizontes através de um caótico mundo virtual criou novas formas de pensar e manifestações artísticas. A cibercultura é esse conjunto de transformações que ocorrem na sociedade e na cultura e que têm sua origem no desenvolvimento do ciberespaço. Este novo mundo ultra conectado representa um dos grandes desafios da filosofia contemporânea. Essa natureza planetária do ... Leia Mais >>

O trabalho na cultura digital

Este vídeo criado pela agência Box1824 apresenta as mudanças que ocorreram nas últimas décadas, principalmente no trabalho. Mostra como nossa forma de trabalhar e se relacionar mudou com o avanço da tecnologia e o surgimento da cultura digital. A ideia de estabilidade, local de trabalho e comprometimento com a empresa já podem ser consideradas ideias antigas, apesar de ainda representarem um ideal para milhares de pessoas. Acontece que, quando as férias (ou a aposentadoria) são a ... Leia Mais >>

Slavoj Zizek e as identidades vazias da internet

Trecho do texto Identidades Vazias do filósofo esloveno Slavoj Zizek.  Nossa identidade social, a pessoa que presumimos ser em nosso intercurso social, já é uma máscara, já envolve a repressão de nossos impulsos inadmissíveis, e é precisamente nessas condições de “só uma brincadeira”, quando as regras que regulam os intercâmbios de nossas vidas reais estão temporariamente suspensas, que podemos nos permitir a exibição dessas atitudes reprimidas. Basta lembrar do mitológico ... Leia Mais >>

Umberto Eco e as opiniões alienantes da internet

Umberto Eco alertou para o perigo do subjetivismo na formação de crenças sobre o mundo. Segundo ele, a internet seria um campo propício para a formação de opiniões alienantes e perigosas, baseadas em análises superficiais dos fatos. O texto abaixo é um convite à reflexão. Ao contrário de textos mais antigos, esta análise de Umberto Eco está mais atual do que quando foi escrita. Eu queria lhe dar um exemplo talvez um pouco extremo, mas que me parece esclarecedor. Qual é, no quadro ... Leia Mais >>