HOME

Blog do Editor

Espaço dedicado à temas diversos, ligados ou não à Filosofia. Opinião do Editor, divulgação de textos populares, poesias, contos, curiosidades e comentários de notícias.

Os Ensaios de Michel de Montaigne

A principal obra de Michel de Montaigne (1533-1592), Os Ensaios, foi publicada em 1580. Nesta época, a Igreja Católica exercia censura sobre todos os livros a serem publicados. Sendo Montaigne um nobre francês envolvido com política, submeteu espontaneamente seu livro aos censores da Igreja. Montaigne se dizia cristão, mas adotava o relativismo cultural e fez, em sua obra, várias críticas aos costumes da tradição cristã, algumas muito severas. No entanto, entre um parágrafo e outro, ... Leia Mais >>

A “Carta de Deus” de Albert Einstein

“A palavra ‘Deus’ não é para mim nada além da expressão e o produto de fraquezas humanas”. Esta e outras observações de Albert Einstein sobre Deus e as religiões da tradição judaico-cristãs, levada a público recentemente em uma carta, causaram enorme surpresa. Einstein foi um dos cientistas mais influentes do século XX e acreditava na existência de uma inteligência ordenadora do universo. Porém, essa crença de Einstein sempre foi mal compreendida e utilizada ... Leia Mais >>

Frases de grandes filósofos: Friedrich Nietzsche (1844-1900)

Nietzsche é considerado um dos filósofos mais polêmicos e criativos da filosofia contemporânea. Buscou romper com a tradição rígida e argumentativa da filosofia tradicional, mesclando suas ideias filosóficas com poesia e ambiguidade de forma proposital. Ele mesmo se considerava um mestre nas palavras, e afirmava dizer com uma frase aquilo que muitos filósofos não conseguem dizer com um livro. Influenciou Sigmund Freud, que viu em suas ideias elementos simbólicos que viriam mais ... Leia Mais >>

7 textos fundamentais para compreender Nietzsche

Seleção de textos do netmundi.org sobre alguns conceitos fundamentais da obra do filósofo alemão Friedrich Nietzsche (1844-1900). Nietzsche é considerado um dos filósofos mais influentes da atualidade e sua filosofia é enigmática e poética, pois busca fugir da estrutura rígida e argumentativa da filosofia tradicional. Influenciou vários pensadores como Sigmund Freud, Albert Camus, Foucault e muitos outros. Todos os  textos são de autoria de Alfredo Carneiro, editor ... Leia Mais >>

A Era Medieval foi uma “idade das trevas”?

O que dizem os atuais filósofos cristãos contra o termo idade das trevas não pode ser ignorado. Negar mil anos de pensamento focando apenas na inquisição (principalmente no julgamento de Galileu e Giordano Bruno) é um grande erro. Até mesmo aqueles que, como eu, louvam as culturas pagãs antigas, só sabem algo sobre essas culturas devido ao trabalho dos monges copistas. E se o trabalho desses monges alterou muitas coisas das culturas pagãs, ainda assim as registraram. A Era Medieval ... Leia Mais >>

O Dicionário das Tristezas Obscuras

John Koenig criou o Dicionário das Tristezas Obscuras, página que reúne neologismos para emoções que as pessoas sentem mas não encontram palavras. Veja algumas delas neste soturno dicionário (com tradução do site Noosfera): Adronitis: Frustrar-se com a quantidade de tempo necessário para se conhecer bem alguém. Aimonimia: O medo de que aprender o nome de algo – um pássaro, uma constelação, uma pessoa bonita – vai estragar tudo. Transformando uma descoberta do acaso, em uma ... Leia Mais >>

Sobre bicicletas, automóveis e filosofia

Uma vida irrefletida não vale a pena ser vivida. – Sócrates O uso cada vez mais frequente de bicicletas nas grandes cidades indica não apenas uma reação espontânea diante do descaso com a mobilidade urbana, mas é também uma refutação à imposição de um estilo de vida irracional que tomou conta dos centros urbanos. Diante dos engarrafamentos e da falta de estacionamentos, observamos o estímulo cada vez maior ao uso de automóveis. Isso sem falar no surgimento de novos ... Leia Mais >>

Enquanto isso em uma prova de concurso público

Um texto de minha autoria foi utilizado em uma prova de concurso público para o Tribunal de Justiça do Rio Grande Sul, para o cargo de técnico em informática. Meu texto fala sobre um argumento do filósofo americano John Searle, onde ele defende a impossibilidade de pensamento das máquinas. “Experimento mental” é um conceito da filosofia e tem uma pergunta sobre esse conceito na prova, além de outras questões sobre o texto. Para um profissional de TI, seria útil conhecer ... Leia Mais >>

Para que serve a Filosofia?

Uma das perguntas mais comuns sobre filosofia é: para que serve a filosofia? O problema é que esta pergunta já apresenta um problema. Sendo esta disciplina — em um de seus aspectos — o desenvolvimento da correção do pensamento, da linguagem e da observação ampla, é preocupante que muitas pessoas em uma sociedade (como a brasileira) queiram ligá-la a uma utilidade imediata. O preconceito contra a filosofia (ou a ideia errada fazem dela) afeta o próprio ato de pensar e debater ... Leia Mais >>

Só os espartanos fazem o que é certo

Esta é uma historinha da HQ 300, que não foi contada no filme e faz parte da tradição grega. Frank Miller, autor da HQ, atesta que, conforme suas pesquisas para a obra, este era um ditado difundido entre os espartanos. É mais ou menos assim: Um velho, ao atravessar um desfile militar formado por cidades-estado da Grécia, precisava chegar do outro lado da rua. Ao tentar passar pela formação ateniense, soldado algum deixava ele atravessar, para não prejudicar a formação. Ao tentar ... Leia Mais >>

Paciência, compaixão, budismo e Schopenhauer

Neste vídeo a monja Jetsunma Tenzin Palmo explica sobre como desenvolver a paciência. Mais do que apenas uma prática oriental, ou um ensinamento religioso, é acima de tudo uma outra perspectiva acerca do mundo tão aborrecido que nos rodeia. É importante entender que, atravessando todo o budismo, está presente de forma explícita a perspectiva da compaixão. Foi essa ideia de compaixão que impressionou o filósofo alemão Arthur Schopenhauer (1788-1860) a ponto dele criar uma ... Leia Mais >>

Desconstruindo o Sangue Latino

Uma análise da belíssima música Sangue Latino. Claro que a arte fala para cada um e não existem interpretações “oficiais”, mas a letra cai como uma luva na história da América Latina. O autor da música é João Ricardo. 1) Jurei mentiras e sigo sozinho Durante a conquista espanhola e portuguesa da América Latina, tanto os povos nativos quanto os escravos negros foram obrigados a abandonar suas identidades culturais. Tinham de se converter a um Deus que lhes era estranho, ... Leia Mais >>
1 2 3 4 5