HOME

Eduardo Galeano: Veias Abertas e outros livros para baixar (PDF)

Eduardo Galeano

Quando Eduardo Galeano publicou As Veias Abertas da América Latina, em 1971, o livro tornou-se rapidamente uma das obras mais influentes da esquerda latinoamericana. Mais importante do que as conclusões de Galeano no livro é a pesquisa que o escritor uruguaio realizou do passado de explorações, violência e colonização cultural que constituiu a América Latina, sendo este um dos pontos principais desta obra.

Galeano faz relatos nauseantes das práticas de dominação espanhola e detalha os conflitos políticos mais recentes que, apesar de nossas riquezas, mantiveram o povo latinoamericano em estado de dependência cultural e econômica desde sempre.

Além das informações e estatísticas sobre o período de colonização, Galeano descreve também o absurdo do endividamento dos países pobres com os países ricos, como se desde o descobrimento das américas estes países não tivessem enriquecido graças à exploração colonial.

Atualmente, as dívidas externas (bem como todo o sistema financeiro) seriam um sofisticado esquema de manutenção da dependência política, econômica e cultural.

O escritor então exorta o valor da cultura latina, nossa diversidade e riqueza, declarando que é apenas o fato de acreditarmos em mentiras o que nos mantêm na pobreza e no sofrimento. 

A dominação cultural é, para Galeano, um dos pilares fundamentais que mantêm os povos latinos subjugados. Apenas através da valorização da nossa identidade e diversidade poderemos pensar nossa própria realidade, pois desde a colonização até hoje fomos condicionados a valorizar culturas estrangeiras e desprezar nossa própria cultura. Essas são algumas da ideias principais de Veias Abertas da América Latina.

Eduardo Galeano, um best-seller mundial


Eduardo Galeano

Aos 73 anos, durante uma Bienal do Livro em Brasília (na qual eu mesmo estive presente) o escritor disse que não conseguiria mais ler seu próprio livro, uma vez que passou a considerar o discurso esquerda “chatíssimo”, fato que surpreendeu muitos de seus admiradores.  

Disse também que tinha apenas 31 anos quando o livro foi publicado e que não tinha na época formação suficiente para essa tarefa. “Para mim, essa prosa da esquerda tradicional é chatíssima. Meu físico não aguentaria. Seria internado no pronto-socorro”, declarou de forma taxativa.

O passar do tempo fez Eduardo Galeano assumir um tom mais ponderado, uma vez que, em suas próprias palavras, “em alguns períodos, é a esquerda que comete erros gravíssimos”.

Durante a 5ª Cúpula das Américas, em 2009, o líder venezuelano Hugo Chávez presenteou o então presidente dos EUA Barack Obama com uma cópia do livro Veias Abertas (foto acima), tornando o livro um best-seller mundial figurando entre os livros mais populares do site Amazon.com.

Questionado sobre o episódio, Galeano disse que “nem Obama e nem Chávez entenderiam o livro”. De qualquer forma, As Veias Abertas da América Latina é um livro que merece ser lido, pois contêm ideias e dados históricos importantes para a compreensão do lado “não-oficial” de nossa história.

Autor: Alfredo Carneiro
Editor do netmundi.org

Encontre o Veias Abertas e outros livros de Eduardo Galeano logo abaixo.


Navegue pelo netmundi.org