HOME

Religião, religiosidade e ateísmo

religião

Tenho religiosidade, mas não tenho religião. A muitas pessoas têm religião (como neste vídeo), mas não têm religiosidade (como neste vídeo). A constatação feita pelo ateu pode ser feita também por alguém de uma religião qualquer, ainda que isso seja mais difícil. É possível ser adepto de uma religião sem negar as outras, mas, na maioria das vezes, quando isso acontece, o religioso respeita como quem respeita alguém que ela acha que está errado.

Se eu sou religioso, é importante saber que existem outros povos com tanta fé quanto eu em coisas diferentes. E isso é meio estranho. O ateu, por sua vez, consegue fazer essa análise mas vive uma contradição: se sou ateu, quer dizer que sou militante (pois ao me afirmar assim eu “visto a camisa”), mas sou militante de algo que acredito não existir, então, minha militância é contraditória, pois se afirmo que Deus não existe o assunto morre e o ateísmo não se justifica.

O ateu coloca Deus na mesma condição do Papai Noel mas não existem grupos organizados contra o Papai Noel. Ter religiosidade é saber que existe o sagrado e que a vida tem profundidade, ainda que não se tenha certeza do que isso significa. Fé é a certeza do mistério não revelado, e não a certeza da revelação pois de revelações e certezas absolutas, assim como de boas intenções, o inferno está cheio.

Autor: Alfredo Carneiro
Editor do netmundi.org
twitter:@alfredo_mrc

Você pode apoiar este projeto clicando na propaganda abaixo. Muito obrigado!