HOME

Textos sobre Estética

estatua grega

A reflexão filosófica sobre a estética não pode de forma alguma ser resumida. É assunto vasto e de grande complexidade, que vai desde a análise do senso comum relacionado à beleza até à experiência que nos chega pelos sentidos. A estética é tema abordado por quase todos os grandes filósofos, que analisaram tanto nossas percepções sensoriais quanto os efeitos psicológicos da arte. É de Aristóteles o termo “catarse” (kátharsis),  que observou que a emoção e o choro dos espectadores nas peças teatrais purificavam os sentimentos e atenuavam as tensões na cidade (pólis). Kant revolucionou a estética ao propor o prazer desinteressado, onde não mais se analisa a obra de arte, mas analisa-se a si mesmo diante da obra de arte. A estética é um dos assuntos mais fascinantes da filosofia, pois atravessa toda a experiência humana.

Walter Benjamin, Theodor Adorno e Max Horkheimer refletiram sobre arte enquanto dominação de massa e libertação de padrões estéticos. Alguns pensadores afirmam que o belo (enquanto padrão de beleza) é  alienante, uma vez que apenas apreciamos o belo de forma irrefletida. O feio, por sua vez, nos afronta. A experiência estética diante do que é considerado feio (fora do padrão) nos força a refletir. Por que acho feio? É feio mesmo ou fui condicionado a achar feio? Os padrões de beleza afetam minhas decisões? Os padrões de beleza não são, na verdade, uma ferramenta de dominação?

Walter Benjamin, Theodor Adorno e Max Horkheimer

A Obra de Arte na Era de sua Reprodutibilidade Técnica – Walter Benjamim

A Indústria Cultural –  Theodor Adorno e Max Horkheimer

Artigos sobre a estética em Aristóteles

O papel das emoções da retórica de Aristóteles

Aristóteles posto à prova de Platão ou o caso Mimesis

Edições da revista eletrônica de estética VISO

Da estética ao terrorismo: Agamben, entre Nietzsche e Heidegger.

Considerações sobre a teoria filosófica do gênio.

Brecht e Benjamin: peça de aprendizagem e ordenamento experimental

Desartificação da arte e construtos estético-sociais

A criação e o comum