FILOSOFIA

schopenhauer

Arthur Schopenhauer: a ética da compaixão

O filósofo alemão Arthur Schopenhauer introduziu na filosofia ocidental elementos do budismo, que considera compaixão e bondade virtudes fundamentais. Schopenhauer se volta para as dores do mundo de forma existencial, não mais platônica ou kantiana, buscando na compaixão fundamento para a ética, renegando o abstrato imperativo categórico que se baseia no dever. Não tenho reparo em colocar-me em aberta oposição a Kant, que não reconhece bondade ou outra virtude que as derivadas da ... Leia Mais >>

Immanuel Kant e a superação da teologia

Immanuel Kant (1724-1804) é possivelmente um dos pensadores mais importantes da história da filosofia ocidental. Kant conseguiu unir duas correntes filosóficas antagônicas, o racionalismo e o empirismo, e promoveu a “revolução copernicana na filosofia” que colocou o sujeito como participante ativo do conhecimento e não meramente um sujeito passivo ou tábula rasa receptora dos sentidos. Sua obra representa também uma ruptura com o influente pensamento da tradição medieval, uma ... Leia Mais >>

O deus Ganesha e a cura de Schopenhauer

A forma de expressão utilizada pelas religiões orientais é carregada de símbolos e narrativas que representam um equilíbrio entre uma boa história, sabedoria e valores morais. O deus indiano Ganesha é um dos exemplos significativos. O filósofo alemão Arthur Schopenhauer se inspirou nas religiões orientais para afirmar a necessidade de diminuir nossos desejos e amenizar o sofrimento que é inerente à vida. Assim, Schopenhauer acabou incorporando elementos dessas religiões em sua ... Leia Mais >>

Arthur Schopenhauer, o filósofo irritado

Arthur Schopenhauer(1788-1860) viveu os últimos 30 anos de sua vida em Frankfurt. Lá este solitário e solteiro filósofo mantinha o hábito de almoçar todos os dias no clube English Holf. A consciência de sua própria genialidade aliada à aversão pelas pessoas criou inúmeras histórias engraçadas. Gostava de conversas interessantes, mas não encontrava ninguém que ele considerasse à sua altura para conversar. Respeitava apenas o escritor e poeta alemão Goethe(1749-1832), outro ... Leia Mais >>