FILOSOFIA

mártir

Giordano Bruno, o mártir da ciência

O teólogo e filósofo Giordano Bruno (1548-1600) foi condenado à morte pela Inquisição sob a acusação de heresia. Giordano, que era também frade dominicano, não defendeu abertamente as ideias de Copérnico, que colocava o sol no centro do sistema solar e contrariava a visão da Igreja, nem declarou-se panteísta, doutrina que afirma que Deus e a natureza são uma só coisa (ideia também considerada herética). Mas, então, qual foi sua heresia? Giordano Bruno foi condenado por ... Leia Mais >>