FILOSOFIA

filosofia antiga

A Filosofia Antiga: o maior legado da Grécia

A Filosofia é um dos maiores legados da Grécia Antiga, sendo também um dos pilares da Civilização Ocidental. O pensamento filosófico grego surgiu no século VI a.C com Tales de Mileto e se estendeu até VI d.C, quando da derrocada do Império Romano e a ascensão do cristianismo. São mil e duzentos anos de história da filosofia greco-romana. Este é o período da Filosofia Antiga, que representa o aparecimento das primeiras investigações puramente racionais acerca da realidade e da ... Leia Mais >>

O milagre grego e o nascimento da Filosofia

Se compreendermos a Filosofia em um sentido amplo — como concepção da vida e do mundo — , poderemos dizer que sempre houve Filosofia. De fato, ela responde a uma exigência da própria natureza humana; o homem, imerso no mistério do real, vive a necessidade de encontrar uma razão de ser para o mundo que o cerca e para os enigmas de sua existência. Nesse sentido, todo povo, por primitivo que seja, possui uma concepção do mundo. Mas se compreendermos a Filosofia em um sentido próprio, ... Leia Mais >>

Linha do Tempo da Filosofia – Pré-socráticos

A Tradição Mitológica Grega No estudo da filosofia dos Pré-socráticos, é muito importante compreender a forma mitológica de pensar do grego antigo. Esta mentalidade, que se consolidou com as obras de Homero e Hesíodo, ainda estará muito presente entre os primeiros filósofos.  Apesar do surgimento das primeiras explicações racionais, muitos pré-socráticos ainda recorriam ao pensamento mítico. Por este motivo, de forma poética e enigmática, o primeiro filósofo (Tales de ... Leia Mais >>

O Motor Imóvel ou Deus segundo Aristóteles

O Motor Imóvel é um conceito aristotélico que pretende demonstrar racionalmente a existência de um princípio supremo da natureza. Contudo, não devemos comparar este conceito com a ideia de Deus da tradição judaico-cristã, pois o Motor Imóvel não é uma ideia de um Ser que se importa com o mundo. Para Aristóteles, tudo tende para esse princípio, que movimenta todas as coisas. Utilizando uma comparação do próprio Aristóteles, ele é como o ser amado que atrai o amante sem ... Leia Mais >>

Nietzsche e os filósofos pré-socráticos

Nietzsche considerava os pré-socráticos os verdadeiros filósofos, pois não separavam o homem da natureza. Eles produziram uma filosofia carregada de mitos, imaginação, cores, cheiros e sabores, voltada para a vida e seu dinamismo, para a descoberta dos fundamentos do mundo através da contemplação e apreciação da natureza. Por isso eles foram chamados de “os filósofos da natureza”.  Heráclito, um dos pré-socráticos que influenciaram Nietzsche, declarou que “um ... Leia Mais >>

A infância simples de Epicuro e a filosofia do prazer

Atenas enviou vários colonos para a região de Samos, onde ocorreu uma partilha de terras em 352 a.C,  entre eles estavam os pais de Epicuro (341-270 a.C), Néocles e Queréstrata. Apesar da linhagem nobre, eram uma família humilde. Seu pai era um dos responsáveis pela educação dos filhos dos colonos. Ali nasceu Epicuro, criado no campo de forma simples. Por isso ficou conhecido como Epicuro de Samos. Sua mãe era adivinha e curandeira,  visitava as casas fazendo previsões, tratando os ... Leia Mais >>

O julgamento de Sócrates

O livro Apologia de Sócrates, de Platão, é um relato da defesa de Sócrates perante o tribunal de Atenas. Ele era acusado de não aceitar os deuses da cidade, introduzir novos deuses e corromper a juventude.  A acusação foi feita por Anito, Meleto e Licon, representantes das classes dos políticos, poetas e oradores da cidade.  Sócrates refutou cada uma dessas acusações e mostrou que seus acusadores  não sabiam o que estavam falando.  Mesmo assim, foi condenado à morte pelos ... Leia Mais >>