FILOSOFIA

Descartes e o método que revolucionou o mundo moderno

René Descartes

Para investigar a verdade, o filósofo francês René Descartes (1596-1650) elaborou um método para orientar sua razão. Toda sua filosofia é construída com o auxílio desse método, desde a descrição de um arco-íris até admitir o movimento da terra e tentar demonstrar a existência de Deus e da alma de forma racional. No entanto,  seus admiradores valorizaram mais o seu método do que suas descobertas. O método de Descartes é também conhecido como dúvida metódica. Os passos a seguir constituem a parte mais conhecida de seu método, contudo, a dúvida metódica não se resume a estes passos, pois corresponde (de forma mais ampla) a uma postura criteriosa de investigação filosófica.

O método de Descartes

1. Jamais aceitar como verdadeira coisa alguma que não estivesse tão clara à minha mente que não restasse dúvidas de sua verdade.

2. Dividir cada dificuldade em tantas partes quanto o possível e necessário para resolvê-las.

3.Organizar meus pensamentos,  iniciando pelos assuntos mais fáceis e simples e progredindo gradativamente para os mais complexos.

4.Fazer, para cada caso, enumerações e revisões até que estivesse certo de não ter omitido nada.

Por fim, Descartes afirma a fé em seu método: “Agindo assim, não existirão (verdades) tão distantes que não possam ser alcançadas, nem tão escondidas que não sejam descobertas”.

O método cartesiano, como pode observado acima,  é apenas uma lista de quatro etapas. Descartes inaugurou uma nova forma de pensar e investigar o mundo que influenciou de forma decisiva a filosofia moderna e o método científico. Nossa forma atual de pensar é ainda cartesiana, ou seja, tudo deve passar por um método, ser explicado e avaliado racionalmente.

Autor: Alfredo Carneiro
Editor do netmundi.org
twitter:@alfredo_mrc

Você pode apoiar este projeto clicando na propaganda abaixo. Muito obrigado!