FILOSOFIA

Nietzsche e os filósofos pré-socráticos

Nietzsche e os pré socráticos

Nietzsche considerava os pré-socráticos os verdadeiros filósofos, pois não separavam o homem da natureza. Eles produziram uma filosofia carregada de mitos, imaginação, cores, cheiros e sabores, voltada para a vida e seu dinamismo, para a descoberta dos fundamentos do mundo através da contemplação e apreciação da natureza.

Por isso eles foram chamados de “os filósofos da natureza”.  Heráclito, um dos pré-socráticos que influenciaram Nietzsche, declarou que “um mesmo homem nunca se banha no mesmo rio“, apontando para a eterna transformação e devir da natureza e enfatizando a ideia de que o homem seria parte desse dinamismo.

A “busca pela verdadeiniciada por Sócrates é para Nietzsche um enorme engano, um desvio que levou todo o mundo ocidental a investigar aquilo que não existe, além de cometer o erro de colocar o homem no centro da investigação filosófica, separando-o da natureza. Esta mudança de objetivo (da natureza para o homem)  é conhecida na história da filosofia como “virada antropológica“. Nietzsche chama esse período específico da história da filosofia de “início da tragédia”.

Leia Também

Autor: Alfredo Carneiro
Editor do netmundi.org
twitter:@alfredo_mrc

Você pode apoiar este projeto clicando na propaganda abaixo. Muito obrigado!